Arquivos da categoria: Ciência

05
maio

Centenas de bilhões de lixo plástico estão indo parar no Ártico

Segundo novo estudo, o continente funciona como um “beco sem saída” para o plástico flutuante do oceano

 

Por ONE2030

Apesar de pouco povoada, a região do Ártico enfrenta uma onda de infortúnios induzidos pelos humanos ultimamente. Além de estar sendo remodelado devido ao aquecimento do planeta, ele agora também está cheio de lixo plástico.

O lixo plástico é uma ameaça crescente para os oceanos ao redor do planeta. De acordo com um novo estudo, o Ártico não só compartilha esse problema global, mas também funciona como um “beco sem saída” para detritos flutuantes marinhos à deriva pelo Atlântico Norte. Continue lendo

30
mar

Cratera no México pode esconder as chaves sobre a origem da vida na Terra

Cratera de Chicxulub está soterrada debaixo da Península de Iucatã, no México

A imensa cratera gerada pelo impacto do asteroide que exterminou os dinossauros está revelando pistas sobre a origem da vida na Terra.

Cientistas perfuraram a Cratera de Chicxulub de 200 km de diâmetro soterrada debaixo da Península de Iucatã, no México.
Eles afirmam que as rochas contêm indícios de que abrigaram um grande “sistema hidrotermal”, no qual fluidos de alta temperatura corriam através de rachaduras e
fissuras.

Sistemas similares, gerados por outros impactos no início da formação do planeta,
podem ter ajudado a dar início às primeiras formas de vida. O sistema hidrotermal de Chicxulub pode ter permanecido ativo por 2 milhões de anos ou mais, acreditam os cientistas. Continue lendo

28
jan

Nível dos oceanos pode aumentar mais rápido do que o previsto

Esforços para conter as emissões de gases de efeito estufa e limitar o aquecimento atmosférico a até 2º Celsius até 2100 não serão suficientes para evitar uma catástrofe

Esforços para conter as emissões de gases de efeito estufa e limitar o aquecimento atmosférico a até 2º Celsius até 2100 não serão suficientes para evitar uma catástrofe

Para estudo liderado por James Hansen, em 50 anos poderemos ver tempestades com potência nunca vista em 118.000 anos e elevação das águas em ″vários metros″.

Continue lendo

28
jan

Telescópio capta pela 1ª vez estrela que dispara raios

Fonte: ESO

Fonte: ESO

 

Usando um supertelescópio em conjunto com outros aparelhos semelhantes na Terra e no espaço, astrônomos descobriram um novo tipo de estrela binária.

Ela fica no sistema estelar AR Scorpii, habitado por uma estrela anã branca que libera um raio de elétrons que atinge sua vizinha – uma estrela anã vermelha fria -, como se a estivesse “atacando”. Continue lendo