Arquivos da categoria: Notícias

12
jun

‘Mundo verá grandes mudanças’: o que se sabe sobre o resultado da histórica cúpula entre Trump e Kim Jong-un

Após quase cinco horas de um encontro histórico nesta terça-feira, em Cingapura, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, assinaram um documento em que a Coreia do Norte se compromete a trabalhar para a sua desnuclearização e em que sinalizam o desenvolvimento de “novas relações” entre os países – um passo avaliado como “desenvolvimento sem precedentes” depois de um ano marcado por hostilidade e troca de ameaças entre as partes. Continue lendo

10
maio

Fissura gigante “rasga” a Nova Zelândia

A paisagem da Nova Zelândia é conhecida por nos tirar o fôlego, mas pelo visto não fica por aí. Uma gigantesca fissura está agora “rasgando” essa paisagem.

Uma fissura com mais de 200 metros de comprimento e 20 metros de profundidade – o suficiente para engolir um prédio de seis andares – se formou do dia para a noite e mudou radicalmente o dia a dia de uma fazenda nas proximidades de Rotorua, no norte do país. Continue lendo

15
ago

O 1º supermercado brasileiro em que clientes podem trocar lixo reciclável por comida

 

O Acre  acaba de ganhar o primeiro supermercado brasileiro em que é possível comprar comida com lixo reciclável.

Isso porque o estabelecimento, batizado de TrocTroc, oferece aos clientes a possibilidade de trocar PETs, latas de alumínio e lacres de garrafas plásticas por qualquer produto vendido no mercado.

Cada quilo de material reciclável vale R$ 0,50 em compras. Caso o cliente traga os resíduos já limpos e amassados, facilitando sua reciclagem, o valor do bônus tem acréscimo de 20%. Continue lendo

05
maio

Brasil perde 20% de seus mangues em 15 anos, mas Mata Atlântica começa a regenerar

O crescimento de florestas secundárias na Mata Atlântica está longe de significar que o bioma esteja salvo.

O maior esforço já feito de mapeamento da cobertura vegetal do Brasil traz algumas más notícias: em apenas 15 anos, entre 2001 e 2015, o país perdeu 20% de sua área de manguezais, em parte destruídos pela expansão urbana. O Pantanal, bioma brasileiro mais preservado, assiste a uma conversão da vegetação natural, onde o uso de pastagens naturais é alterado para pastagens plantadas com vegetação exótica – 13% área (incluindo gramíneas e florestas) virou pasto no mesmo período. E o Cerrado teve perdas proporcionalmente três vezes mais elevadas do que a Amazônia. Mas há também esperanças: a quase extinta Mata Atlântica passa por um renascimento, tendo ganho 2,5 milhões de hectares (o equivalente a quase uma Bélgica) neste século. Continue lendo