22
maio

Iceberg do tamanho do DF pode se soltar da Antártida a qualquer momento

Mudança pode causar outros colapsos, bem como o aumento dos níveis dos mares

 

Um iceberg com o tamanho equivalente ao território do Distrito Federal pode se desprender da Antártida a qualquer momento. O pedaço de gelo faz parte da plataforma de gelo Larsen C, uma das maiores do mundo.

Em dezembro do ano passado, uma rachadura se expandiu drasticamente na plataforma, de forma que, neste momento, apenas 20 quilômetros de gelo impedem que o restante do iceberg — que tem cerca de cinco mil quilômetros quadrados — de se soltar.

“Após passar alguns meses firme, a rachadura de repente se estendeu por mais 18 quilômetros em dezembro de 2016”, explicou o professor Adrian Luckman, da Universidade de Swansea, em nota oficial. “Vinte quilômetros de gelo são tudo que conectam o iceberg com o restante da plataforma.”

Segundo Luckman, a separação do bloco gelo mudará de forma drástica a paisagem da Antártida e pode desestabilizar o restante da plataforma, causando outras rupturas. “Ficarei surpreso se ela não se partir nos próximos meses”, afirmou o pesquisador. “É inevitável.”

Cietistas têm acompanhado a Larsen C em questão por décadas, principalmente a partir dos colapsos das plataformas Larsen A e B em 1995 e 2002, respectivamente. Em entrevista ao The Guardian, o cientista Matthew O’Leary, da Universidade de Swansea, explicou que esse processo ocorre de tempos e tempos e pode acelerar o derretimento do gelo glacial e colaborar para o aumento dos níveis dos mares.

Acredita-se que ele tenha sido adiantado por conta das altas temperaturas globais, mas ainda não há pesquisas científicas que confirmem essa hipótese.

(Com informações do G1The Guardian e Business Insider)

Deixe uma resposta