19
dez

Embaixador russo é assassinado em exposição de arte na Turquia

Um atirador matou o embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov, em um ataque supostamente contra o envolvimento russo na guerra da Síria.

Segundo relatos, várias outras pessoas teriam sido feridas no ataque, realizado um dia depois de protestos na Turquia contra a intervenção militar russa em território sírio.

De acordo com a televisão russa, o embaixador participava de uma exposição de arte chamada “Russia as seen by Turks” – “Rússia na visão dos turcos”, em tradução literal.

O atirador teria sido “neutralizado” pela polícia, segundo a mídia local, que não deu mais detalhes sobre o que isso significaria. Continue lendo

10
dez

Maior aquífero do mundo fica no Brasil e abasteceria o planeta por 250 anos

Imagine uma quantidade de água subterrânea capaz de abastecer todo o planeta por 250 anos. Essa reserva existe, está localizada na parte brasileira da Amazônia e é praticamente subutilizada.

Aquífero Brasil

Aquífero Brasil

Até dois anos atrás, o aquífero era conhecido como Alter do Chão. Em 2013, novos estudos feitos por pesquisadores da UFPA (Universidade Federal do Pará) apontaram para uma área maior e deram uma nova definição.

“A gente avançou bastante e passamos a chamar de SAGA, o Sistema Aquífero Grande Amazônia. Fizemos um estudo e vimos que aquilo que era o Alter do Chão é muito maior do que sempre se considerou, e criamos um novo nome para que não ficasse essa confusão”, explicou o professor do Instituto de Geociência da UFPA Francisco Matos. Continue lendo

09
nov

O que pensa Trump: 30 propostas e declarações polêmicas do presidente eleito dos EUA

_86840133_trumppodium

Desde as primárias republicanas, Donald Trump chamou atenção por suas propostas e declarações polêmicas.

De certa forma, o politicamente incorreto se tornou uma de suas marcas registradas.

A BBC Brasil listou 30 promessas, acusações e opiniões do presidente eleito dos Estados Unidos – resta agora saber o que é real e o que, como desconfiam analistas, não passa de retórica (bem-sucedida) de campanha. Continue lendo

07
nov

Chineses criam painel solar que gera energia a partir da chuva também

A placa é capaz de aproveitar os raios do sol e os pingos de chuva, tornando-se eficiente em qualquer condição.

Selective focus macro detail of dew or rain drops on solar panel texture in the morning.

Selective focus macro detail of dew or rain drops on solar panel texture in the morning.

A energia solar é uma das grandes soluções e apostas globais para a produção de eletricidade com baixo impacto ambiental, seja em larga ou em pequena escala. No entanto, ela ainda enfrenta alguns entraves. O mais comum é a baixa produção em dias nublados ou chuvosos, mas, uma tecnologia pode mudar este cenário.

Um grupo de cientistas chineses, liderados por Qunweu Tang, Xiaopeng Wang, Peishi Yang e Benlin He, desenvolveu uma placa fotovoltaica que é capaz de produzir energia a partir dos raios solares e também pelas gotas de chuva, sendo eficiente independente das condições climáticas.

O sistema funciona graças a uma camada de grafeno incorporada à superfície das placas. O material é usado para revestir as células solares, mas também é um excelente condutor de eletricidade. Segundo o material publicado pelos cientistas, tudo o que é preciso para criar a tecnologia é uma mera camada de grafeno de um átomo de espessura, para que uma quantidade enorme de elétrons possa se mover pela superfície.

Quando a água está presente neste processo, o grafeno liga seus elétrons com íons carregados positivamente, o que é conhecido entre os cientistas como interação ácido-base de Lewis.

O sal contido na chuva se separa em íons, tornando grafeno e água uma ótima combinação para a produção de energia. A água realmente adere ao grafeno, formando uma camada dupla com os elétrons de grafeno. A diferença entre as camadas é tão forte, que gera energia.

Estas células solares podem ser estimuladas pela luz incidente em dias ensolarados e por pingos de chuva nos dias chuvosos, atingindo uma eficiência de conversão de energia ideal de 6,53% sob 1,5 de espessura de radiação, junto a uma tensão de centenas de mV por pingos de chuvas.

Clique aqui para acessar o estudo completo.

Crédito: Redação CicloVivo