22
maio

Mapa-Múndi mostra clássicos da literatura mundial

Cada país é representado por sua principal obra:

Qual é a principal obra literária de cada país? O usuário Backfoward24, do Reddit, tentou responder a essa pergunta de forma criativa: criando um mapa-múndi no qual cada parte do mundo é representada por um livro clássico ali produzido.

O Brasil, por exemplo, é representado por Dom Casmurro, de Machado de Assis. Já os Estados Unidos e o Canadá são ilustrados pelos livros O Sol é para Todos, de Harper Lee, e Anne de Green Gables, de Lucy Maud Montgomery, respectivamente. O escolhido para a Rússia foi Guerra e Paz, de Liev Tolstói, e o da França, Os Miseráveis, de Victor Hugo. Continue lendo

19
maio

Aplicativo desfaz distorções do mapa-múndi

Groenlândia é o calcanhar de Aquiles do mapa Mercator. Apesar das aparências, nosso vizinho do norte gelado é 1,5 vezes menor do que a Índia, mais de quatro vezes menor do que os Estados Unidos e 14,5 vezes menor do que a África.

Na verdade, a Groenlândia é sobre o tamanho da Arábia Saudita, embora você nunca adivinharia ao olhar para o mapa mais onipresente do mundo. A projeção de Mercator é um projeto inerentemente defeituoso. -Exagera o tamanho dos países mais próximos aos polos enquanto representando o tamanho mais fielmente no Equador. Embora tenha sido uma ferramenta de navegação acessível para marinheiros, o mapa tem incutido para todos nós um mal-entendido bruto da geografia e o tamanho relativo dos países. Continue lendo

05
maio

Brasil perde 20% de seus mangues em 15 anos, mas Mata Atlântica começa a regenerar

O crescimento de florestas secundárias na Mata Atlântica está longe de significar que o bioma esteja salvo.

O maior esforço já feito de mapeamento da cobertura vegetal do Brasil traz algumas más notícias: em apenas 15 anos, entre 2001 e 2015, o país perdeu 20% de sua área de manguezais, em parte destruídos pela expansão urbana. O Pantanal, bioma brasileiro mais preservado, assiste a uma conversão da vegetação natural, onde o uso de pastagens naturais é alterado para pastagens plantadas com vegetação exótica – 13% área (incluindo gramíneas e florestas) virou pasto no mesmo período. E o Cerrado teve perdas proporcionalmente três vezes mais elevadas do que a Amazônia. Mas há também esperanças: a quase extinta Mata Atlântica passa por um renascimento, tendo ganho 2,5 milhões de hectares (o equivalente a quase uma Bélgica) neste século. Continue lendo

05
maio

Planeta ultrapassa marca de 410 ppm de CO2 na atmosfera

Com 410 partes por milhão (ppm) o nível de concentração de dióxido de carbono é o mais alto em milhões de anos.

Por ONE2030

O Observatório Mauna Loa, situado em uma das ilhas do Havaí, registrou que o dióxido de carbono na atmosfera terrestre alcançou um índice maior que 410 partes por milhão (ppm) na semana passada. Segundo cientistas, já se passaram milhões de anos desde que o planeta atingiu números parecidos. Segundo eles, esta será uma nova atmosfera que a humanidade terá que lidar, cada vez mais quente.

Ppm é a medida de concentração usada quando as soluções são muito diluídas. Dizer que atingirmos 410 ppm de CO2 significa que em cada milhão de moléculas de ar no planeta há 410 do principal gás de efeito estufa. Continue lendo