12
jul

Terremotos ocultos sacodem a Antártida e não percebemos

Em meados de 1982, um grupo de cientistas confirmou o primeiro terremoto na Antártida, mas não seria o último. Centenas de tremores ocultos podem estar enterrados sob o gelo da Antártida, aponta um novo estudo.

Com o passar das décadas, os pesquisadores detectam mais oito eventos sísmicos na Antártida Oriental. E lá, um inferno: os sensores captaram 27 terremotos só em 2009, triplicando o número total de eventos sísmicos registrado em apenas um ano.

Mas não foi a catástrofe planetária ou a ira divina por trás dos tremores de terra nunca antes registrados por aquelas bandas – foi apenas o método científico em ação.